Panela

image

Imagem

Entrada

image

Depois da experiência dos rissóis doces, com Nutella e banana, que ficaram deliciosos … uma ideia para uma entrada com massa folhada e presunto. Vou fazer e depois divulgo a apreciação. :)

Open Village Sports

image

image

image

Estivemos no Hotel Open Village Sports em Guimarães a noite passada. O concerto do Miguel Araújo foi pretexto para uma noite fora e mais um hotel a conhecer. O que, para uma agente de viagens, dá sempre jeito.

A escolha deste hotel,  que não fica no centro de Guimarães,  deveu-se ao simples facto de ser o único que encontrei com quartos sem alcatifa. Segundo o senhor das reservas era um “quarto para asmáticos”. Perfeito. É mesmo isso. Adorei o quarto e a casa de banho. Tudo muito moderno. Até roupões de banho tinham à disposição dos clientes.

O pequeno-almoço muito bom, numa sala linda e com uma vista bonita. Tem, como o nome indica, piscinas, courts de ténis e uma data de outras actividades desportivas.

Gostei.

Miguel Araújo

image

E esta foi a segunda vez que assisti a um concerto de Miguel Araújo ao vivo. Ouvi vezes sem conta o primeiro álbum nas férias no Montebelo Aguieira. Fui ouvi-lo, depois das férias, na Casa da Música no Porto. Sabia todas as músicas de cor. Fiquei na primeira fila. Amei.

Hoje foi dia do segundo concerto. Segundo álbum.  Achei-o muito mais solto. Mais divertido. Mais à vontade. Passou algum tempo. Tem mais experiência de palco e isso nota-se. Continua com alguns “tiques” de menino tímido, que são deliciosos. Como o pormenor de coçar o seu farto cabelo encaracolado. Amei ouvi-lo em quase hora e meia de concerto. Excelente escolha do reportório. Para mim continuava a ouvi-lo até às tantas. Não pode ser. Uma coisa é certa. 29 de Novembro. Coliseu do Porto. Miguel, aceito o convite que lançaste, e estarei lá. :)

Pintar

image

Cores. <3

Decisão

image

Dia de decisões. Dia de muitas lágrimas. Dia em que me sinto extenuada. Dia em que fico feliz por ter conseguido, em equipa, um objectivo. Dia em que fico triste porque vou ter saudades. Dia em que tenho uma data para a mudança. A espera acabou. Sinto-me extenuada mas a resposta chegou. E isso já é, por si só, positivo. ♡

Desilusão

image

Desiludida. Muito desiludida. Fugir para um local longínquo é algo que não vou fazer. Não posso e sei que não o faria. Talvez parar por uns dias fosse positivo mas não é possível. Ontem desiludi-me com a raça humana. Mais uma vez.

Ontem começou uma campanha na loja. Em vez de entrar às três, fui às onze e meia. Porque imaginava que estava lá o caos instalado. E estava. Umas cinquenta pessoas à porta. O site não estava a funcionar de forma célere e isso não ajudou. Consegui parar às quatro para comer um iogurte grego e um pão de leite. Com tanta agitação, a cabeça esteve tudo menos quieta e as vertigens voltaram em força. Não consegui parar para jantar e às dez e um quarto da noite comecei a ver tudo branco e a ter uma vertigem grande. Ainda me consegui sentar mas perdi os sentidos. Por muito pouco tempo. Comi alguma coisa. Bebi e sentei-me de novo. Os clientes que se sentaram notaram que não estava bem e foram uns queridos. Ofereçam-se para ir comigo à praça da alimentação. Preocupados. O cliente que a minha colega estava a atender continuou imperturbável a fazer perguntas. A D. olhava para mim em pânico e preocupada. Como eu vi que para o senhor ter uma pessoa que tinha acabado de desmaiar ao lado era igual ao litro, só disse “atende o senhor que eu já estou melhor”. E senti-me tão triste por haver gente assim no Mundo. Pessoas que são capazes de terem atitudes destas. :(

Durante a noite mais dois casais de coração de pedra. A minha colega tem a placa de “estagiária” no pólo que veste. Teve algumas dúvidas no processo e eu pedia desculpa aos que estava a atender, e interrompia para ajudar. Foram arrogantes com ela o tempo todo. Eu tinha a loja cheia e, para ela não interromper o atendimento, andei feita barata tonta a atender telefones que não paravam um segundo. E eles com cara fechada e sempre a implicar com a miúda. Estas pessoas devem ter nascido ensinadas. Devem ter entrado nos empregos que têm sem dúvidas. Só pode. Graças a Deus que, do meu lado,  tive pessoas que aceitaram ser interrompidas dez vezes e diziam “ajude, ajude” com um sorriso.

Definitivamente há pessoas muito boas e pessoas que não valem nada. E essas fazem com que hoje me sinta desiludida. Sei que elas existem. Sempre soube. Esqueço-me é, com frequência, que são capazes deste tipo de coisas. Tão pouco cor de rosa. :( ♡

Fazer nada

image

É tão bom ter gente com quem conseguimos ter dias inteiros sem “fazer nada”. Há dias tive uma tarde assim com a minha S. e como me soube bem. É tão cansativo ser adulto e ter sempre algo para fazer. Ter preocupações com o trabalho. Fazer contas e contas com o dinheiro. Pensar em mil e uma coisas “chatas” como o IMI, revisões de carros e afins. Enquanto crianças nunca nos apercebemos de como “fazer nada” com os amigos era do melhor que poderíamos algum dia ter. Nos meus quarenta, ainda o consigo, mas com uma frequência muito menor do que amaria fazer. Que as vezes em que tal seja possível nos faça o bem suficiente para as vezes em que temos que ser adultos nos sintamos mais leves. ♡

Saudades

image

Há saudades boas. Saudades que nos põem um sorriso no rosto. Saudade não tem que ser sinónimo de dor. Se temos saudades é claro que gostaríamos de ter essa ou essas pessoas junto a nós. Temos também a consciência de que tal não é possível. E é tão bom o reencontro com essas pessoas de quem temos saudades boas. Dois sorrisos abertos. Um abraço apertado. As conversas que se atropelam. Os silêncios confortáveis. O coração fica cheio. Depois volta a ausência. E a falta. E regressa o sorriso da lembrança dos últimos momentos passados. E, hoje, estou com saudades tuas. Das boas. :) <3

Boiar

image

É só termos em mente que podemos “boiar”. Sempre.

Boa noite! <3

Casillas

image

A medalha de ouro ganha pelo pai Casillas na boca do filhote. Doçura. ♡

Luz & Cor

image

image

image

image

Ando muito feliz com as mudanças que ando a fazer na minha casa. O mais correcto é dar os créditos a quem os merece. A minha mana C, a minha mãe linda e a minha tia. Compramos os cortinados no Ikea e já quase toda a casa está com eles. Algumas divisões não tinham e os que tinham, eram cortinados mais opacos do que eu gostaria de ter e acabavam por ganhar mais ácaros por serem grossos. Os da sala são brancos com um padrão de pássaros e árvores. Comprei entretando dois vasos de flores. Um de orquídeas e outro de uma flor da qual não sei o nome. A cereja no topo do bolo veio com um terceiro vaso oferecido por elas com a minha flor preferida num vaso lilás. Girassois. Já tem três flores abertas e uma série de rebentos. Ando encantada com a cor que está a ganhar a minha sala. Com os vasos coloridos. As flores. As molduras multicolores. Depois vai faltar colocar na parede as molduras vermelhas,  turquesa,  brancos e pretas com as fotos dos meus pequenos. Agora sim. Com a ajuda delas a casa está a ficar “a minha cara”. Com muita luz e cor. Obrigada, minhas lindas decoradoras de interiores. Estou fã do vosso “trabalho”. :) ♡

Beijo

image

Fofooooo! ♡

Crianças

image

E, hoje, depois de dois dias em hospitais e deitada, resolvi arriscar e sair para apanhar um pouco de ar puro. Estive com o meu pequeno A. e os pais. Ele correu até mim com os braços esticados e deu-me um abraço tão apertado que me encheu o coração. Ontem à noite,  durante um facetime com os três,  disse um “simmmmm” gigante quando perguntei se queria estar com os tios. O carinho dele ajudou à cura da tia. Sem dúvida. ♥

Hoje soube pelos pais do meu M., também de quase quatro anos, que ele disse que a tia Alice “era muito linda”. Estive com ele na passada sexta feira. Amei o elogio. ♡

E a semana passada, quando regressava do dia da reunião da empresa,  soube que a minha sobrinha não quis acreditar que o tio tinha vindo sem mim jantar. Esteve à frente do elevador à espera que ele abrisse e eu saisse de lá. Depois esperou estoicamente por mim até cair de sono. Queria dar-me uma pulseira de elásticos rosa. Ainda lhe dei um beijo que ela disse à mãe não ter sentido. “Só sinto acordada e eu estava a dormir”. Faz todo o sentido. Eu tentei chegar a horas de a ver e lhe dar um beijo mas não cheguei a tempo.

São estes momentos das minhas crianças que me fazem acreditar que, mesmo não tendo filhos, nunca me faltará apoio e amor destes pequenos seres que eu amo tanto. Obrigada, meus lindos. ♡

Sábado

image

E hoje é sábado. E hoje estou de folga. E hoje está sol. E hoje vou ser feliz … com mais ou menos vertigens. :) ♥

Bom sábado para quem não estiver a trabalhar. Para quem estiver, que seja um dia de atender clientes bem dispostos. :)

Bom sábado, gente da minha vida. :) ♡

Marion

image

Esta mulher é linda e gosto muito de – quase – tudo o que veste. E gostei muito deste vestido assimétrico e original. Ficou fantástica na passadeira vermelha. ♡

Rissóis doces

image

Vou experimentar. Massa folhada, banana e Nutella. Forno +/- vinte minutos.

Síndrome

image

E já estava bem há alguns meses. Com algumas crises de asma que foram tratadas e ultrapassadas. Hoje fui ao hospital porque estava desde ontem com muitas tonturas. Pensei que fosse do dia agitado e cheio de emoções. Não. Cheguei lá e tive que fazer uma nebulização para a asma e descobri que as tonturas são de um síndrome vertiginoso que resolveu regressar. Tive um há dois anos e achei que não regressava. Disse-me hoje o médico que é crónico e pode voltar mais vezes. Até lá estou deitada, enjoada e com tonturas que vão e vêm. Deram-me no hospital uma dose intravenosa de medicação que me colocou a dormir em segundos. Nem quero saber o que lá tinha. :) Amanhã otorrino e medicação. Mais uma doença crónica para a colecção. Já são três. :) Sejamos felizes que o resto passa. ♡

Segurança

image

E, de repente, o caminho encontra-nos. Hoje tive duas conversas muito importantes. Conversas que vão ter impacto na minha vida futura. Não sei ainda para onde. Se continuarei a trabalhar onde estou ou mudarei de local. Sei que,  de onde menos esperava,  recebi a segurança que me faltou nestes longos nove meses. Sei que, de quem não esperava, recebi elogios que me deixaram sem palavras. E isso soube-me tão, mas tão bem.

Consegui ter, simultâneamente, a calma e a paixão de defender aquilo em que acredito. E fiquei ainda mais convicta que NÓS fizemos tudo o que havia para fazer. Lutamos. Trabalhamos.  Agora só nos resta continuar a fazê-lo e esperar calmamente pela decisão. E depois seguir em frente. E agora eu sei que tenho um “em frente”. As mudanças não me assustam. Mudei inúmeras vezes de loja. Custa-me, isso sim, deixar pessoas de quem eu gosto mas a vida já me ensinou que os amigos ficam. Por anos e anos. Os colegas perdem-se na distância. O local é uma incógnita mas HÁ um local. Onde vou ser o que sempre fui ao longo destas duas décadas. Trabalhadora. Genuína. Amiga. Emotiva. Franca. Honesta. Não sou pessoa muito dada a auto elogios mas sei que isto tudo sou eu. E por vezes sabe bem também mimarmo-nos a nós próprias. :) ♥

E é bom saber que “esta é a minha casa”. Porque é aqui que me sinto,  efectivamente, em casa. ♥

Obrigada aos que fizeram com que, hoje, o meu coração se apaziguasse. ♥

Rio de Janeiro

image

Previous Older Entries

Facebook

Maio 2014
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031