Pick me, Choose me, Love Me

Esta frase, desde que a ouvi na “Anatomia de Grey”, é a mais romântica de sempre. Vi no merchandising da série estes três produtos. Se tivesse que escolher acho que preferia a caneca ou a capa para telemóvel. Se bem que as capas mais giras que já vi são sempre para iPhones. E eu gosto muito do meu Huawey e não planeio – por vários motivos – trocar. Mas que achei o máximo… achei. :D

Sentido 

  • Em seis ano de existência deste meu cantinho de escrita, nunca tinha estado tanto tempo sem cá vir. 27 de Outubro. Foi a data do meu último post e escrevi sobre o não ter estado nos casamentos de 15 e 22 Outubro. E “calei-me” durante estes dias. Creio que acabou por ser por tudo. O ter que me convencer que nada se repete e que aqueles dias, aquelas vivências… eu perdi-as. Não se remedeia. O meu mano ter ido embora logo a seguir. :(Aqueles olhos tristes e a falta do sorriso gigante quando entrava no meu quarto de manhã no dia da despedida pôs-me o coração pequenino. Tenho saudades. Muitas. Agarrei-me ao Natal. A minha festividade favorita. Não podendo sair da cama, foi o maridão que foi às feiras dos brinquedos e comprou para as minhas crianças. Algumas já tinha visto o que queria. Outras escolheu ele e muito bem! Fiquei orgulhosa! Para os adultos, escolhi eu em sites online ou por catálogo. Quem não caça com cão, caça com gato! :D Faltam-me embrulhar duas que já as tenho e pouquinhas que não chegaram. E tento esquecer de onde estou e o estado em que estou. O caminho é em frente e espero mesmo que amanhã, com a nova consulta com o ortopedista é a carrada de exames, surja um plano de acção. Passe ele por cirurgias, fisioterapia e afins, eu quero avançar. Chega de acrescentar dias à minha vida. Quero viver os meus dias nem que, por um bom tempo, seja num hospital a fazer fisio. Aí sentirei que estou a fazer efectivamente alguma coisa. Só falta um dia para a consulta.💝

Love is All around …

Foto fabulosa.

Casal Novo – S. Martinho do Porto 

E seria aqui que passaríamos o fim das férias. Ainda conseguimos aproveitar um dia e meio. Adorei tudo. A casa, muito bem decorada, em tons de azul e ideal para um casal. O exterior é fantástico. Com um grande alpendre, onde abundam motivos marinhos ou não estivesse localizada no litoral. Amei os peixes de cerâmica usadas para decoração das paredes. Assim como adorei as boias de salvamento. Fiquei com pena de só ter passado duas noites mas quero muito regressar. Para usufruir de um local lindo e cheio de paz. Voltarei. 💗

Pink

A tentar acreditar. Com muita força. 🌸

Silêncios & Gritos

Não sou mulher de silêncios. O silêncio, não confortável, faz-me confusão. Há poucas pessoas com quem conseguimos, por norma, ter silêncios bons e serenos. Trnho, felizmente, algumas pessoas do meu Mundo de Afectos com quem o consigo fazer. 

Gosto de falar no trabalho. De comentar o que se passa. De brincar no meio do caos que alguns dias são. Trabalhamos muito na base de um computador e muitos mails. O contacto com os colegas torna-se, assim, importante para mim.

Gosto de falar com as minhas crianças. Saber daqueles “segredos” que eles me confidenciam. Rir-me das tiradas de que não estou à espera. Dizem tudo o que pensam e sentem. E como eu adoro a inocência e alegria deles. 

Gosto de estar às horas ao telefone a falar com a minha irmã C. Temos pouco tempo, uma e outra, para o fazer. Quando conseguimos, é uma das coisas que mais gosto de fazer. Pular de assunto em assunto. Falar de tudo e nada. Como se não houvesse amanhã. 

Gostaria de falar com pessoas com quem não consigo. E quando não consigo e acumulo silêncios, um “grito” é o que apetece dar. Pode ser que aí, os meus sonhos passem a ser menos agitados e o sono mais retemperador.

Pokémons 

Imagem

Foto

Outra foto feliz. :)

Hoje…

Apetecia-me… :)

(Não é muito meu mas há dias assim.)

Tu

image

Tu.
Para ouvir as respostas que faltaram.
Tu.
Para olhar nos teus olhos e ter visto a certeza da decisão reflectida no azul.
Tu.
Para te explicar como conseguia dizer-te “amo-te” e dizer-te “vai” ao mesmo tempo sem vacilar, acreditando que poderias ser mais feliz numa certeza débil do que nunca dúvida esgotante.
Tu.
Para te pedir para deixares de construir muros altos e difíceis de ultrapassar. Comigo. Com todas as pessoas que te rodeiam e poderão aparecer.
Tu
Porque se tudo começou numa troca de olhares, deveria ter acabado da mesma forma. Não por telefone. Não por mensagens. Olhos nos olhos.

Tu.

Baptismo

image

Hoje foi um dia especial. O meu sobrinho mais pequenino foi hoje baptizado. E como é um bebé do mais simpático e risonho que já conheci, hoje não foi excepção. Esteve risonho durante a cerimónia. Meteu-se com tudo e todos e palrou imenso. A outra bebé que estava a ser baptizada chorava desalmadamente. Ele olhava para ela e parecia com vontade de ir animar a pequenina. Um doce. Esteve bem disposto ao almoço e aguentou estoicamente mil e uma fotografias tiradas de colo em colo. Orgulho da tia babada. Fui a responsável pelas fotos e espero ter estado à altura do evento. <3
Estou estafada mas muito feliz. Estar com família, framily e sobrinhos faz-me sempre ficar de sorriso no rosto. Ainda por cima no dia em que o nosso baby boy teve a sua primeira grande festa. Em Agosto, quando fizer um aninho, será a segunda! Adoro-te, amor mais pequenino da tia!

To the moon and back… <3

Magia portátil

image

Amei. <3

Primeiro Beijo

image

Ontem foi o Dia do Beijo. Um dos meus dias preferidos. Actualmente há “dias de tudo”. Quando era pequena, lembro-me do Dia da Árvore, por ter ganho um mimo da professora pelo texto que fiz. E dos evidentes. O 25 de Abril, por exemplo. Nesse texto eu tinha sempre dificuldade. Em pequeninos ninguém tem real percepção da data e do que se realmente se passou. Então comecei com um sentido e profundo “Gosto muito do 25 de Abril”. Voltando a um dos recentes dias de que gosto. O beijo. Li há pouco que desafiaram uma apresentadora do seu primeiro beijo. E eu lembrei-me dos meus. Eu acredito que não fica só na nossa memória, para sempre, o nosso primeiro beijo. O tal. Para mim não foi. Não foi o beijo nem a pessoa. Mas lembro-me perfeitamente dele. Como de todos os outros primeiros. Com os homens que amei e o que amo. Cada um deles fica gravado. Acho que acontece com todos. Comigo sim. <3

África Minha – 29/2

image

O meu jantar congolês de ontem. Fufu com Pondu. O fufu é feito com farinha de trigo, água e tapioca. O sabor é parecido com puré de batata. O Pondu é feito com folhas de mandioca estufadas. Tenho provado tudo o que é tradicional. Na noite em que cheguei comemos maboke, um peixe que se cozinha dentro das mesmas folhas de bananeira. Gostei de tudo, excepto de um fruto. Abacate. Não sabe a nada. Provei outro fruto com pêlos que parece um ouriço. Este é quase tão delicioso quanto o mangostão. :)

África Minha: 26/2

image

E foi com este urso fofo nos braços que saí do aeroporto e conheci o pequeno M. Antes disso três horas no aeroporto a sofrer com as malas um pouco menos que ontem. Aproveitei para comprar algumas pulseiras de ofertas para as minhas cinco mulheres. Mãe, Tia, Manas e a sobrinha S. Com sete anos adora tudo o que é adereço. O M. deu um sorriso grande quando me viu, veio ao meu colo mas fugiu logo. :) Apanhamos um engarrafamento de uma hora e meia e o meu pequeno tesouro foi conquistado. Chegou a casa depois de brincar comigo a tudo o que me lembrei dentro de um jipe a uns trinta graus de temperatura. Deu beijinhos e um abraço apertado espontâneo que me faz ter a certeza que o meu coração estava certo. Tinha um quarto de princesa preparado para mim. Todo rosa e com um mosquiteiro. África. Como eu adoro. E comi uma refeição com peixe local embrulhado em folhas de banana. Divinal. Para terminar comi mangostão. A única vez que tinha provado tinha sido em São Tomé e Príncipe. E deve ser o meu fruto predilecto de todo o planeta. Dei um grito de alegria quando vi e deliciei-me. Dia comprido que acabou às duas da manhã. O dia em que conheci o meu M. O meu tesouro, como lhe chamo. Ele abre um sorriso como se percebesse.

Magia

image

Eu e as minhas manas demos esta pulseira à nossa mãe linda. Quando ela a recebeu – e adorou – eu disse que, em dias em que acordasse mais triste, para a colocar e olhar para ela. A pulseira tem seis tons de argolas. Três que simbolizam as filhas e três que simbolizam os netos. Ela sorriu. E aí eu dei o toque de magia à pulseira. Disse-lhe que ela tinha pós mágicos. Cor de rosa, claro! E que a iam animar o dia todo. A mãe linda amou e as filhas ficaram a torcer para que a magia funcione.  :) <3

Pink

image

Imagem

Cansada

image

Imagem

Abóbora

image

O legume mais feliz do Mundo! A abóbora. :-) <3

Sobremesa & Avó Micas

image

Hoje almoçamos em Évora. No restaurante Dom Joaquim. Por sugestão de uns amigos. E a sobremesa foi um crepe com uma bola de gelado de eucalipto e mel. Divinal. No meio do gelado tinha pequenos pedaços de rebuçados. Quando provei fui remetida de imediato para a minha infância. Para as inúmeras vezes que eu e a minha mana C. fomos à mercearia comprar rebuçados Dr. Bayard, para a minha avó Micas. Ela tinha que os ter SEMPRE em casa. :-) E hoje a sobremesa fantástica que partilhamos, teve um sabor ainda mais especial. <3

Previous Older Entries

Facebook

Junho 2017
S T Q Q S S D
« Dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930