Curiosidades, Roupas e coisas de gaja

Vermelho

20130730-223731.jpg

E agora já são dois. A juntar ao meu primeiro batom da Kiko, que é laranja, junta-se agora o vermelho. Dado que o batom Gemmey que a minha N. me emprestou para o casamento da minha prima não parece estar à venda em lado nenhum, comprei o 606 da Kiko. Vermelho mate. Lindo, lindo, lindo. :)

Anúncios
Coração

Maridão

20130730-162619.jpg

29 de Julho de 1995. Dia em que eu e o maridão começamos a morar juntos. Eu tinha 25. Ele 23. Passaram dezoito anos. E não podia ter melhor pessoa ao meu lado. Continua a fazer de mim uma pessoa feliz. Continua a fazer-me rir até às lagrimas. Continua a ser a pessoa que me atura as doenças, as tristezas, as desilusões. E continua a ser o melhor companheiro de vida do Mundo! Com um dia de atraso, parabéns a nós! ❤ Obrigada por tudo e espero estar a dar-te em dobro o que recebo! LY! ❤

Coração

Love

20130730-161655.jpg

Acredito no amor em todas as versões apresentadas na imagem acima. Sem excepções. Todas aquelas “conjugações” são, para mim, uma forma de amor. Não entro em discussões inflamadas sobre o assunto. Não porque me recuse a algum tipo de diálogo mas porque acredito que isto é uma questão “interna”. Em que não há lados ou argumentações. Eu acredito porque sim. Sem explicações. Porque sinto que são. E, para mim, basta.

Coração

Maternidade

20130730-131221.jpg

Maternidade. Algo que mexe tanto comigo. Há alturas em que me sinto apaziguada e feliz com o papel de tia. Outras em que continuo a desejar com todas as minhas forças ser mãe. Ter uma criança minha. Que me olhe como eu vejo os meus sobrinhos olharem para as mães deles. Com uma adoração e um brilho no olhar. Ouvir um “mamã” em busca de carinho e atenção. Ser o centro da vida de uma criança.

Isto tudo porque na noite anterior sonhei, e é um sonho mais ou menos recorrente, que fui mãe de uma menina. Acordei com uma felicidade imensa e um sorriso nos lábios, até despertar por completo para a realidade. Sou Tia e não Mãe.

Isto vai passar. Passa sempre. Ter filhos com o maridão só se ele também o desejasse. Não foi o caso. Assim sendo, sou tia orgulhosa e babada de um grupo de crianças fantásticas. Se não vão haver mais momentos em que vou ficar triste com o facto de não ser mãe? Vou. Com certeza. A vida é feita disto mesmo. Momentos de paz e momentos de dúvida. Em relação ao mesmo assunto.

Desta vez, um simples sonho trouxe tudo de volta. :( ❤