Faringite

image

E depois de dois dias a apanhar muito frio, lá veio uma faringite visitar-me. :( Coitadinha da minha V., que no trabalho, me teve  estranhamente calada. Não consigo falar de tantas dores que sinto, mas o senhor doutor simpático do hospital já me medicou. Agora é esperar para passar… e voltar a tagarelar. :)

Não gosto…

20121111-152719.jpg

Não gosto de usar avental. Eu sei que protege a roupa dos salpicos dos cozinhados mas é peça que não me habituo a colocar. Alguns são lindos. Como este. Usá-los é que não. :)

Não gosto de…

20121027-123505.jpg

Há cada panca. Eu tenho uma que, se calhar é só minha, mas odeio ser eu a abrir os pacotes de leite. Não custa nada abri-los. Eu sei. Mas não gosto. Como se costuma dizer, cada tolo com a sua mania. Esta é uma das minhas. ;)

Não gosto de… joalheria com pedras

Lembro-me de, em 2009, numa viagem em que acompanhei um grupo à Turquia termos ido a uma loja que vendia joalheria com pedras preciosas e semi preciosas. Um dos empregados, a certa altura, perguntou-me qual era a minha pedra preferida. Com o meu melhor sorriso, respondi “nenhuma”. E não foi para o despachar. É porque é a mais pura verdade. Até gosto de as ver como na foto. Isoladamente. E de reconhecer a sua beleza. Usá-las em mim em jóias ainda não vi nenhuma que me convencesse. Abomino os anéis com uma pedra só, que antes se usavam muito como anéis de noivado. Eu cá sou mais de prata e de preferência sem grandes “rocócós”. Definitivamente, não concordo com a Marilyn Monroe e o seu “diamonds are the girl´s best friend”. :)

Não gosto de… caimbras

Eu sei. Ninguém gosta. Há muita gente que tem nas pernas. O meu maridão acorda aos berros e eu já sei as tácticas todas para ajudar a colocar o músculo no sítio. Nunca tive a não ser nos pés e nos dedos dos pés. Da primeira vez assustei-me valentemente. Levanto-me para ir da mesa para o sofá e, de repente, um dos dedos dos pés fica completamente esticado. Com isto, uma dor forte no pé. Toquei no dedo e parecia que tinha todos os ossos fora do sítio. Horroroso. Passou passado uns quinze minutos, após estar a pressionar o dedo na posição inversa. Esta semana voltou a acontecer. Desta vez com dois dedos do mesmo pé. Cruzes. Sei que passa mas que é chato é. Agora faço alongamentos aos pés antes de ir dormir. Até sabe bem. Relaxa e, segundo li na internet, pode ajudar. Vamos ver. :)

Não gosto de… aventais

Não consigo usar avental. Seja ele às bolinhas, riscas ou com bonecos. Sei que evita nódoas na roupa e etc e tal, mas não gosto. Cozinho sempre sem avental. Aquilo incomoda-me nas minhas lides culinárias. ;)

Não gosto de… pizza

Não gosto de pizza. É oficial. Já tentei todas as marcas e feitios. Acho que o problema está mesmo na massa. A maior parte das vezes enjoa-me. Sabe a gordura. Ainda ontem à noite encomendamos uma. Comi uma fatia e parei. E mesmo assim, assim para o forçada. Não devo ser normal. Toda a gente adora pizza. De fast food, gosto de hambúrguer. Boa, Alice. Recuperaste um pouquinho da tua normalidade. :)

Não gosto de… cortar carne

Gosto de carne. Adoro carne de porco. A que, segundo o que dizem os entendidos, faz pior. Gosto muito de frango. De todas as formas. Coelho só estufado. Perú acho quase sempre que fica seco e pouco suculento. Ou seja, gosto de comer e de cozinhar carne. Cortá-la já é outra história. Ainda bem que nos talhos, se pedirmos, cortam o frango e o coelho aos bocadinhos. Frango, se necessário, ainda corto. Coelho nem pensar. Recuso-me. Os meus novos amigos do Marco, acostumados a matar coelhos e galinhas, iam achar-me uma mariquinhas. Se calhar sou mesmo mas não gosto nada de cortar carne crua. Ainda bem que o meu maridão me ajuda nessa parte. Obrigada, meu querido. :)

Não gosto de… sushi

A primeira experiência foi no Brasil. Fortaleza. Viajava em grupo com outros agentes para visitar hotéis e conhecer o destino. Fomos jantar a um hotel e a ementa era sushi. Noventa por centro do grupo odiou. Eu não fui excepção. Engoli a custo algum sushi por educação e jurei para nunca mais. Voltei a ir a restaurantes  japoneses e gosto do que é cozinhado. A parte do arroz com a alga e o peixe cru, não adianta. Não gosto mesmo. De todo. Acho bonito mas não como.

Não gosto de… museus

Fiz das minhas maiores birras de adulta dentro de museus. Birras de amuar, me sentar num banco e dizer “vejam o que quiserem que eu não saio mais daqui”. Vergonhoso. Eu sei. Mas admito que não consigo. Tenho um limite – claramente pequeno – de resistência dentro de um museu. Não posso, com honestidade, dizer que odiei todos aqueles em que entrei. Gostei do Museu do Cairo. Se calhar por ser pequeno e ter realmente objectos assombrosos. No Louvre, enchi-me ao fim de uma hora e de me ter decepcionado com o tamanho minúsculo da “Mona Lisa”. Em Paris, no Museu Militar, apanhei a maior seca da minha vida. Estão a imaginar milhares de armaduras e afins, que para mim, não têm o menor dos interesses? Birra. Na certa. Não consigo. Ou seja, qualquer museu tem que ser escolhido com muito cuidado e consumido com muita moderação. That´s me.

Não gosto de… filmes de terror

 

Toda a minha vida tive pesadelos. Sempre que tentei ver algum filme de terror, as noites foram ainda mais negras. Desisti. Não gosto porque me assusto e depois não durmo. Coisa de criança. Comigo, continua até hoje. Assim sendo, só vejo outro tipo de filmes. Mais coloridos. :)

Não gosto de… Christian Bale

Há pessoas de quem não gostamos e não sabemos muito bem porquê. Dizem os antigos que “os nossos santos não se cruzaram”. Eu não conheço pessoalmente o senhor da esquerda. Christian Bale. Tenho por ele uma antipatia inata que não se explica. Talvez seja por ele  ter feito os últimos filmes do Batman e eu não consiga gostar de filmes de super-heróis. Gosto dos livros de quadradinhos. Os filmes vejo porque acompanho quem gosta. Porque viver junto é partilhar o que se gosta e o que não se gosta. Tenho, no entanto, que ver o “Pugilista”, filme que o fez ganhar o Oscar da foto. Com tanto prémio, pode ser que realmente valha a pena. Depois comento. :)

Não gosto de… maçãs

Gosto de fruta. Nem sempre me apetece do mesmo tipo de fruta mas, na generalidade, gosto de tudo. Não gosto de maçãs. Não consigo. Cruas, cozidas ou assadas. Vai dar no mesmo. Então aquelas farinhentas fazem-me ficar enjoada. Adoro bananas, morangos e cerejas. Encharco os morangos com açúcar e deixo marinar uma meia hora. Ficam fantásticos e hiper doces. O tempo das cerejas está a chegar. Com essas tenho a paranóia de abrir uma a uma. Para me certificar que não como nenhum bichinho. Cada doido com a sua mania! :)

 

Não gosto de… chuva

Não gosto de… mudanças

Mudei de casa várias vezes desde os meus oito anos. Sete vezes até aos meus 25 anos. Muitas. Nessa idade, estava a viver num apartamento T-0 com cinquenta metros quadrados. Para quem tem noção dos “metros quadrados”, era pequenino. Cinco anos volvidos, o apartamento tornou-se demasiado pequeno para duas pessoas e muita tralha. Experimentem viver com um jornalista e vão perceber. Eram pilhas de jornais por todo o lado. Claro que o problema não era só esse. O ser humano acumula tralha. Não há volta a dar. E havia tralha a mais. De ambos. A mudança para o meu T-3 actual, gigantesco no triplo do tamanho do outro, foi traumática. Jurei para nunca mais. Odeio o empacotar. Aparecem objectos para colocar nas famosas caixas de cartão em todo o lado. Ou seja, não querendo dizer nunca, mas não acredito que caia noutra mudança. São demasiado complicadas! :)

Não gosto de… limpar fogões

O meu fogão não é lindo como este. E é ligeiramente maior. :) E tem um grave problema. Suja-se quando se cozinha nele. E eu adoro cozinhar. E detesto limpar a sujidade que fica depois. Adorava ter, como nos filmes do Harry Potter, uma piaçaba ou lá que instrumento é, mas que me colocasse o fogão a brilhar. Sem que, obviamente, eu lhe tocasse. Gostava mesmo.

Não gosto de… palhaços

Nunca gostei de palhaços. Não consigo explicar porquê, mas não lhes acho piada nenhuma. As quedas fingidas, a água que lhes sai não sei bem de onde… nada me arranca um sorriso. Gosto das cores com que se vestem e pintam as caras. E só. As crianças costumam gostar e isso é muito positivo. Tudo o que faz uma criança feliz, é bom.

Não gosto de… José Rodrigues dos Santos

Eu não conheço o senhor. Até pode ser uma excelente pessoa. Não digo que não. Mas que ele me irrita solenemente, irrita. Tenho por hábito ver o noticiário da RTP. E lá apanho com ele. E os tiques. E a forma de ler os nomes que só ele tem. E o sorrisinho do fim do telejornal, seguido do piscar de olho. Seria pedir muito transmitir a informação de uma forma menos teatral? Se calhar ele até conseguia, mas deve achar que assim tem mais piada. Eu não acho. E como, apesar disso, continuo a gostar mais das noticias do canal 1, vou continuar a vê-lo. E a reclamar de cada vez que chega mais um trejeito. E eu, que até podia simpatizar com as orelhinhas saídas, como as minhas. Infelizmente, nem isso o safa. :)

Não gosto de… magia

 

Dizer que não gosto de magia é pouco. Acho que tenho mesmo aversão a tudo o que são truques de cartas, cortar alguém ao meio dentro de uma caixa, tirar coelhos da cartola, e por aí fora. Basta-me ver um minuto daquilo e apetece-me fugir. Para bem longe. Já sabem, nunca me convidem para nada do género. Porque vai-me sair um rotundo não da boca. Bem grande. :)

Não gosto de… amarelo.

 

Não gosto de amarelo. Em roupa. Em bijuteria. Em quase nada. Curiosamente, a minha flor favorita é o girassol. Que, como todos sabemos, é amarelo. Vá lá eu entender-me! :)

Facebook

Junho 2017
S T Q Q S S D
« Dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930