Silêncios

image

Este meu canto de escrita tem quase quatro anos.  Nunca estive tanto tempo e tantos dias sem escrever. E não é porque não me apeteça. Aprendi, da forma mais dolorosa, que nem tudo se deve dizer. No caso específico,  escrever. Fi-lo e acabei por ser confrontada com palavras que foram mal interpretadas.  Que feriram quem não queria.  E resolvi silenciar – me. Se me faz falta escrever o tanto que vai tumultuando o coração e a cabeça? Faz. Claro que faz. Escrever para mim sempre foi uma terapia. Nem sempre podemos fazer aquilo que nos apetece.  O mundo e quem nos rodeia, muitas vezes pelos melhores dos motivos, acabam por nos “castrar”. Tenho tentado libertar aquilo que faço enquanto escrevo a ouvir música e a pensar. Sinto que as emoções, os pensamentos, as dúvidas estão a ficar presas dentro de mim. O que não é bom. Qualquer panela de pressão precisa de libertar ar. Eu também. Talvez não demore muito a voltar à minha paz interior e ir escrevendo, todos os dias como adoro, neste meu Mundo. 💟

“Metade de mim é Amor. E a outra Metade também. “

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Facebook

Setembro 2014
M T W T F S S
« Ago   Out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
%d bloggers like this: