Esperança

image

Levou-me uma avó paterna, que tinha 33 anos e três filhos pequenos. Tive muita pena de não a ter conhecido.
Levou-me uma avó materna. Tinha 84 anos e talvez não tivesse sido o responsável principal.
Levou-me precocemente um tio, casado com a minha tia N., demasiado novo. Foi tudo tão rápido. O T. tinha uma vida feliz ao lado da minha tia. Encontraram-se já numa fase em que a maioria das pessoas tinha já casado. O meu tio tinha filhos adultos de um primeiro casamento.
Levou-me a mãe de dois amigos, que são irmãos de coração, e de quem eu gostava muito. Tão nova e tão cheia de vida. Daquelas mulheres que não paravam.

Estas foram as minhas perdas. Há quem tenha a infelicidade de ter bem mais.

Tenho, no entanto, ainda alguns casos felizes de gente que eu amo e que venceu o “bicho”. É possível e temos que acreditar nisso. Pelos que estão a passar por isso. Por todos que poderão vir a passar por isso. Por nós, eu e qualquer um, que poderemos ter que o enfrentar. <3

"A esperança é mais forte que o medo."

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Facebook

Fevereiro 2015
M T W T F S S
« Jan   Mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  
%d bloggers like this: