Love Actually

Não gosto de comédias. Eu admito que sou meia estranha. Toda a gente gosta de comédias. Eu não me consigo rir, a menos que se tratem de filmes de banda desenhada. A excepção são algumas comédias românticas. Não gostei do “Doidos por Mary” mas já gostei, e muito, do ” O Amor Acontece”. Pelo cruzamento de histórias, agora mais batido que na altura em que saiu. Pelos actores envolvidos. E, principalmente, pela cena que se segue. Para mim, sem dúvida, a mais romântica da história do cinema. Adoro. A rever, vezes e vezes sem conta. “To me, you are perfect.” Lovely. :)

LoveActually from lewis. on Vimeo.

Anúncios

Empatia

Gosto de crianças. Não é segredo para ninguém. Adoro brincar com elas. Desde sempre que me sento no chão e participo nas brincadeiras. Seja fazer filas de carros ou dar biberão a nenucos. Quando são bebés de colo, tê-los a dormir sossegadamente dá-me (e acredito que a todos os que já experimentaram), a maior sensação de paz.

Hoje recebi a visita de um menino doce que conheci há cerca de quinze dias. Com quem estive três vezes antes desta. Uma delas ele era bebé e de certeza que não se lembra. O que é certo é que houve uma empatia especial. Senti-me de imediato ligada a ele, de uma forma que não consigo explicar. Ou se calhar consigo mas de uma forma que mexe demais com a minha vontade de ter filhos e não os ter. Definitivamente um assunto que uns dias me parece melhor resolvido que noutros. Hoje ele apareceu com a mãe dele porque fez questão de me ir dar um beijinho. Derreti.

Facebook