Coração

Névoa

A avó de uma grande amiga minha está desaparecida há pouco mais de 48 horas. Deve ser o pior pesadelo de qualquer pessoa. Termos alguém que amamos desaparecido. Como que se tivesse desvanecido numa névoa qualquer. E as perguntas sem respostas começam. Todos os cenários, mais ou menos positivos, se colocam. O sentimento é de impotência. Primeiro, esperar pelas quarenta e oito horas para participar às autoridades. Depois ter que ouvir que, por ser feriado, a PJ nada faz hoje. Mais 24 horas de “nada”. Ao todo, 78 horas. E a avó de quase oitenta anos continua sem aparecer. Em pleno Inverno. Força, amiga. Vamos acreditar num final feliz.

Anúncios