Gosto de… biquínis

Acabei de assistir ao quarto episódio do “Hawaii Five-O” e a mocinha da foto – babem, amigos homens – já apareceu com um número incrível de biquínis. Sim, estou com MUITA inveja. Adoro biquínis. Se tivesse muito dinheiro, acho que fazia colecção. Como algumas mulheres que conheço que fazem de carteiras ou casacos.

Quando ainda haviam charters para o Brasil, eu comprava-os a cinco euros na praia. E aí dava para ter um de cada cor do arco-íris. Deixei de viajar para o Brasil e acabou-se a compra de biquínis. Em Portugal não custam cinco euros. Infelizmente. Ou bem que recomeçam os charters, ou bem que eu continuo a invejar a Kono da série! :)

Anúncios

Perdoar

Estava, meia adormecida, a fazer zapping quase à meia noite de ontem. E ouvi uma rapariga dizer que perdoou a mãe por esta lhe ter dito em criança que ela “merecia uma vida má”. E a rapariga acreditou que era isso era a verdade. E, durante anos, viveu com esse peso gigantesco. Não consigo entender como alguém consegue gerar uma filha e dizer-lhe isto. Dos pais espera-se a segurança, o carinho e, entre tantas outras coisas, a confiança para que um filho cresça a acreditar que é capaz de ser feliz. Nunca o contrário. Admiro a rapariga pela capacidade de perdoar. E espero que a “mãe” tenha tido a consciência que nunca o deveria ter sido. Porque há pessoas que, definitivamente, não têm a menor capacidade para criar e amar uma criança. Quando ouvi a frase, o meu mundo cor-de-rosa escureceu.

Facebook